• Caroline Demolin

Dicas para sua imagem fortalecer o conteúdo das suas lives e vídeos

Pesquisas demonstram que uma imagem coerente com o conteúdo do seu discurso gera credibilidade ao mesmo, por outro lado, se a imagem estiver divergente, passando uma mensagem conflitante ao discurso ela cria uma confusão na mente do receptor desacreditando o que é falado.

Por isso, é tão importante dominar a maior ferramenta de comunicação que você possui, sua imagem!


Aqui vão 4 dicas para que você alinhe sua imagem ao conteúdo das suas lives e vídeos.


1) Determine o tema


O Norte de toda a preparação dos aspectos visuais tem como base o tema a ser abordado. Ele é que irá ser a referência e o ponto de partida para todas as escolhas que você irá fazer na montagem de script.


Escolha o tema principal, faça uma lista dos tópicos a serem abordados dentro dele para não fique nenhum ponto importante sem ser mencionado e também para que você coloque numa sequência lógica de apresentação dos mesmos. Separe as referências que poderão ser citadas ou que apenas servirão de embasamento técnico para você discorrer sobre o assunto com segurança.


Se tiver mais de uma opção de tema, faça uma lista e depois ordene colocando em primeiro lugar o que está no momento mais adequado de ser abordado, de maior relevância no cenário do momento e também que você está mais bem preparado para apresentar. É interessante fazer um cronograma para cada tema.

Isso vai ajudar a colocar as ideias em ordem e a te orientar em relação aos que você precisa buscar mais informação.

2) Escolha o local


Seja na sua casa, no escritório ou em qualquer outro lugar que você irá fazer sua live ou gravar seu vídeo, é importante que ele tenha uma conexão com o tema ser abordado para que crie uma atmosfera em torno do assunto e ajude a mensagem a ficar mais clara e forte, já que tanto o áudio quanto o visual estarão em sintonia.


Caso não seja possível um local que tenha uma referência mais direta com o assunto, procure inserir algum elemento que remeta ao mesmo.


Vou dar um exemplo, uma cliente minha de Consultoria de Imagem e Estilo ia fazer um vídeo sobre Guarda Compartilhada. Escolhemos uma parede de fundo da casa dela para ser o cenário do vídeo, que tem uma parte da parede com textura de quadro negro com desenhos infantis.


Mas, pode ser apenas um pequeno objeto em cima da mesa do escritório, um porta retrato, enfim, qualquer detalhe que conecte visualmente o cérebro do receptor ao conteúdo.


Lembre de testar a iluminação antes e o microfone. Observe qual o melhor horário do dia que tenha uma boa luz, se precisar providencie uma luz adequada como aquelas circulares com suporte para o celular, ou uma lâmpada neutra de 4.000K.

3) Cuide da sua imagem


Todos os detalhes que compõem a sua parte visual, tanto estéticas quanto comportamentais, devem estar em harmonia com o assunto.


Roupas, acessórios, cabelo, maquiagem para as mulheres, barba par os homens, transmitem uma informação que irá gerar um conceito inconsciente na mente de quem recebe a mensagem.


O tipo e modelo de roupa devem estar adequados ao tema, lembrando de levar em consideração também o estilo e grau de formalidade.

Ex. um advogado abordando um tema jurídico para colegas de profissão é indicado que esteja de terno e gravata, um designer gráfico com uma roupa com um toque mais descolado e criativo, um personal trainner uma roupa esportiva, sempre seguindo o que esse profissional usaria se estive ao vivo com o seu público, sua audiência.


Voltando ao exemplo da minha cliente, escolhemos um suéter de tricô porque ele passa a sensação de conforto, acolhimento, carinho maciez e num tom pastel, afinal as cores também dizem muito. O tom pastel remete à infância, tranquilidade e ela inseriu acessórios coloridos para remeter à energia e criatividade das crianças.


Cada cor transmite uma sensação, então, a cor da roupa e dos acessórios deve ser escolhida de acordo com o que se quer despertar no expectador. Ex, azul acalma os ânimos e passa credibilidade, laranja passa energia e está associada a criatividade.


Além disso o tom escolhido dever estar dentro da sua Cartela de Cores, que descobrimos através da sua Análise de Coloração Pessoal, indicando quais são os tons mais favoráveis para você, passando uma sensação de saúde, disposição e realçando os aspectos físicos.


Lembre-se que os acessórios conferem muita personalidade ao visual por isso escolha bem o que você irá usar.


Evite estampas muito pequenas e efeitos gráficos nas roupas como listras muito finas numa camisa masculina. Eles podem causam efeitos ópticos que irão interferir na imagem.


Além da parte estética, a postura também é um componente da sua imagem. Seja a postura corporal quanto suas atitudes, sua linguagem e seu tom de voz.

4) Seja você mesmo


A sua personalidade é o seu diferencial de mercado, o que torna você único!


Se conheça e se reconheça na sua imagem, isso irá aumentar sua autoestima e te dar a confiança necessária para se colocar perante as outras pessoas com tranquilidade, numa atitude que gera empatia e deixa o outro confortável.


Então não tente ser nada além de você mesmo, isso já é o bastante!

Caroline Demolin

Personal Sylist

12 visualizações